Social Icons

quarta-feira, 9 de julho de 2008

Descer tão baixo


Há dias, estive na Capital por uns dias e levámos o meu sobrinho para visitar alguns locais turísticos, lembrei-me de o levar para ver a estátua do Governador Ferreira do Amaral que um dia fora um marco em Macau, um ponto de referencia e também, numa forma mais supersticiosa uma protecção para os Portugueses.

A estátua esteve durante muitos e muitos anos, erguido bem lá no cimo a olhar para o Rio das Pérolas e proteger-nos de todo o mal e realmente a tranquilidade daquela terrinha naqueles tempos era qualquer coisa sem igual, pelo menos para os Portugueses.

Agora a estátua fica em algures perto de Olivais, não sei bem o sítio e ainda por cima está tudo em obras, tudo tapado, não foi nada fácil a encontrarmos desta vez, não sei porquê este local, penso que ele merecia um lugar mais honroso, continuar com o respeito e admiração daqueles que nutrem algum carinho por ele, agora que existe o Museu Oriente porque não transportá-lo para lá?

A primeira vez que a vi, aí tão baixo nem quis acreditar, num lugar que nada tem haver nem com a nossa história nem com a sua bravura, para os habitantes que lá vivem deve ser apenas mais uma estátua a enfeitar um jardinzinho. Senti um grande aperto, pois esta estátua faz parte de mim, do meu passado, da bela infância que passei naquele Macau que realmente tivera uma mistura de cultura, quando ainda havia um respeito pela Cultura Portuguesa.

Gostaria de um dia poder ver o Ferreira de Amaral voltar á sua imponência, a história dele ser contada a quem interessa juntamente com a história da minha Terra.

1 comentário:

Anónimo disse...

Em Portugal honra-se muito os homens que defenderam Portugal em todas as circunstancias.
Veja-se como exemplo, o maestro FERNANDO LOPES GRAÇA, que no Distrito de Setúbal tem nome de rua que até aborrece. Nalgumas povoações até em duplicado.

Tá tudo dito

 

As visitas em numeros

Ocorreu um erro neste dispositivo