Social Icons

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Entre o voto útil e o voto de consciência, eis a questão!

Sei muito bem em quem não vou votar neste domingo, em que partido não acredito e que não quero que governe o meu País mas a verdade é que olhando de um lado para outro, não tenho muito para onde escolher!

A Manuela Ferreira Leite diz e muito bem, estamos asfixiados politicamente e de que maneira! Ufa! Temos ideias mais conservadores e ditadores do que do tempo de Salazar, é só gente autoritária, e mandam culpas uns em cima dos outros em vez de cooperarem e trabalharem por amor a um País, cumprir os deveres em honra da sua palavra.


Pois é, é muito bonito o que estou a dizer e difícil e concretizar eu sei... mas não é assim que devia ser?

Se em todos os partidos vão ser eleitos deputados, depois das campanhas feitas, porque não trabalhar a sério para melhorar a situação em conjunto em vez de todos sacudirem o pó dos ombros? O meu pai sempre me ensinou a ser uma pessoa de palavra, parece que é coisa rara hoje em dia.


Estou muito divida, entre um voto útil que parece que será preciso para tirar um certo poder autoritário e vergonhoso e entre um voto consciente onde poderá ser eleito um ou outro deputado da qual eu acredito que trabalham mesmo com ideias próprias para um País melhor.
Uma situação difícil que só decidirei no domingo quando estiver nas urnas com certeza, a consciência manda-me fazer uma coisa mas a razão outra... e é só de 4 em 4 anos que temos esse poder nas mãos para decidirmos o nosso futuro para os próximos anos!

Sem comentários:

 

As visitas em numeros

Ocorreu um erro neste dispositivo