Social Icons

terça-feira, 8 de abril de 2008

Já chove!


Não me importo muito com a chuva desde que não esteja na rua quando se chove torrencialmente. Quando estou no quentinho da minha casa, até gosto da chuva, estar aconchegadinha num cantinho a ler um livro ou a ver um filme, ouvir a chuva e o vento a baterem nas janelas e nas portas, chega a ser bastante relaxante.

Os temporais cá em Portugal são medonhos, talvez porque esteja a viver no campo, sinto muito mais a força da mãe natureza e ás vezes até os comparo com os tufões. Quando vivia em Macau, havia os tufões. Nesses dias, ficava tudo paralisado a partir do nº3, todos tínhamos que ir para casa e se o número continuasse a subir, ficávamos em casa a ouvir as notícias sobre a sua evolução e ver o vendaval através das nossas janelas, até reinar a calma outra vez.

Penso que já estava habituada, não tinha muito medo dos tufões, era apenas muito vento e muita chuva, talvez porque estávamos protegidos pelos “aranha céus” só uma vez senti o prédio a abanar, mas os tufões já faziam parte das nossas vidas e por sorte em Macau as morte eram quase nulas e os estragos mínimos.

Cá é diferente, nos dias dos temporais mesmo com alertas do Governo civil, toda a gente tem de ir trabalhar, levar os filhos para a escola e fazer o que normalmente se faz, se nos calhar o azar, podemos cair num buraco, avariar o carro, ter um acidente ou até cair uma arvore em cima é tudo uma questão de sorte. Porque além de Deus estamos entregues a nós e á sorte… cheguei mesmo a ficar desorientada na auto-estrada com tanta chuva que caía, coitado do limpa pára-brisas, por mais rápido que limpasse não dava vazão a tanta água.

Apesar de tudo a chuva é sempre bem-vinda, ela renova as energias, limpa as terras, adoro o cheiro da terra depois de uma chuvada, parece que tudo está mais limpo, mais puro e as plantas e as arvores parecem mais felizes.


Sem comentários:

 

As visitas em numeros

Ocorreu um erro neste dispositivo